Viva Express
Notícias
MARIA PORTELA É PRATA NO GRAND PRIX DE DUSSELDORF
Brasileira conquista 120 pontos importantes na luta por vaga nas Olimpíadas de Londres 2012

A judoca Maria Portela (70kg) conquistou um resultado importante na luta por uma vaga nas Olimpíadas de Londres 2012. A brasileira faturou neste domingo, dia 19, a medalha de prata no Grand Prix de Dusseldorf, na Alemanha, um dos últimos eventos que contarão pontos para o ranking olímpico e mundial que definirá os classificados para os Jogos de Londres 2012. Com o resultado, Portela garantiu 120 pontos na lista. Atualmente, a judoca é a 19º colocada no ranking. Na decisão do GP de Dusseldorf, Maria Portela foi superada por yuko, após sofrer duas punições, pela eslovena Rasa Sraka, dona de dois bronzes em campeonatos mundiais.

O ranking mundial foi criado pela FIJ em 2009 e será o principal critério de classificação para as Olimpíadas de Londres 2012. Estarão classificados para os Jogos os 22 homens e 14 mulheres mais bem ranqueados, no limite de um atleta por país em cada categoria. No Grand Prix de Dusseldorf, a medalha de ouro vale 200 pontos para a lista, enquanto a prata vale 120 e bronze 80. Pelo critério, os pontos de 2010-2011 valerão 50% do total e, a partir de maio de 2011 até abril de 2012, os pontos serão 100% computados. Valem pontos no ranking os Campeonatos Mundiais, Masters (Top 16), Grand Slam, Grand Prix e Copa do Mundo.

Para chegar até a medalha de prata, Portela venceu por yuko a equatoriana Vanessa Chala na primeira rodada. Na fase seguinte, vitória na decisão dos árbitros sobre a suiça Juliane Robra. Nas quartas-de-final, vitória sobre a alemã Laura Koch. Na semifinal, ippon espetacular sobre a japonesa Yoriko Kunihara, quarta colocada no ranking mundial.

Os demais brasileiros que estiveram em ação neste domingo não conseguiram chegar à disputa de medalhas em Dusseldorf. Maria Suelen Altheman (+78kg) foi vencida na estreia pela sul-coreana Jiyoun Kim por ippon. No masculino, Hugo Pessanha (90kg) venceu o bielorusso Andrei Kazusionak por wazari na primeira luta, mas, na rodada seguinte, perdeu por ippon para o ucraniano Vadym Synyavsky. No 100kg, Leonardo Leite foi superado por wazari na estreia pelo georgiano Nodar Metreveli, enquanto Luciano Corrêa não passou pelo cubano Jose Armenteros, que venceu o combate por ippon. Daniel Hernandes (+100kg) venceu na primeira luta Ricardo Blas, de Guam, por ippon, mas, na segunda luta perdeu por ippon para o georgiano Zviad Khanjaliashvili. David Moura (+100kg) foi vencido por ippon pelo holandês Luuk Verbij.

In Press Media Guide
Assessoria de Imprensa da Confederação Brasileira de Judô
 
 
 
D S T Q Q S S
          1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
Setembro 2017
videos
 
   
   
Kreative
Criação de sites personalizados